Lucas 8.22-25

Certo dia Jesus entrou no barco da minha vida, não se impôs, não fez pressão. Na verdade, foi meu convidado, fomos construindo amizade, fui aprendendo a como ser um melhor homem, melhor pai e melhor marido. Tenho deixado que Ele me vá dirigindo, a rota foi por Ele traçada e deliniada. O alvo é ser como Ele. Mas quantas vezes tenho envergonhado o meu convidado de honra? Sou rebelde, teimo em ser eu a assumir o controlo, fecho “portas” de áreas da minha vida onde não o deixo entrar. Ele, ele fica lá sossegado, aguardando que eu me relembre do que Ele já fez, faz e ainda vai fazer. Ao virar da esquina a tempestade surgue repentina e violenta, eu grito e desespero… Ele relembra-me suavemente, que tudo está sob o Seu controlo, o vento e o mar se acalmam. Eu mais uma vez sou recordado que a minha vida não é minha, não sou eu quem agora vive, é Cristo que vive em mim, assim a cada dia desejo um relacionamento mais profundo e íntimo, com Aquele que me conhece, abrindo o flanco e permitindo que a minha vida seja transformada pelo Seu amor. 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s